Município se mobiliza para a hora ”H” de combate a Dengue

posthorah01A Secretaria Municipal da Saúde promove no próximo sábado, (6 DE FEVEREIRO), a campanha Hora H, de combate ao Aedes Aegypti. A iniciativa pretende estimular todos os moradores a dedicar 10 minutos de seu tempo para fiscalizar suas próprias residências ou empresas, eliminando recipientes que acumulem água e possam tornar-se criadouro do mosquito da dengue, zika e chikungunya.

A ação está marcada para às 10h. A Campanha Hora H ocorrerá simultaneamente em todos os municípios do Paraná, em parceria com o Governo do Estado, prefeituras e sociedade civil organizada.

No Paraná, mais de 90% dos criadouros encontrados pelas equipes de saúde estão dentro de residências e quintais. O principal vilão é o lixo, mas todo objeto ou local que possa acumular água precisa ser verificado e eliminado.

Muitos focos do mosquito são identificados em locais de pouca visibilidade, como em ocos de árvore, ralos, reservatórios de água de geladeiras e ares-condicionado, calhas, entre outros espaços. “Essa vistoria deve se tornar uma rotina. Se cada um reservar pelo menos 15 minutos de sua semana para fazer este trabalho, avançaremos muito no combate à dengue”, explicou a superintendente de Vigilância em Saúde, Cleide de Oliveira.

A vistoria semanal é recomendada porque o ciclo de reprodução do mosquito, após a eclosão dos ovos, dura em média 10 dias. Com isso, é possível eliminar a larva do Aedes aegypti e evitar que o inseto chegue à forma adulta.

Além disso, todos os dias nove de cada mês serão realizados o DIA “D”, dia destinado ao combate a dengue. “Em nosso município estaremos realizando trabalhos de diálogo e orientações para que a população entenda seu papel e pratique o combate ao mosquito na sua rotina. Mais uma vez, é importante que toda população participe”. Lembra  o secretário municipal de Saúde Valter Pedro de Almeida.

Veja também:

Por que o mosquito Aedes aegypti transmite tantas doenças?

 

posthorah08

 

posthorah09

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde.

 

Gostou? Então compartilhe: