Santana do Itararé receberá Prêmio Gestor Público Paraná

6Acabam de serem revelados os projetos que receberam nota acima de 8,5 do IV Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR) e, Santana do Itararé figura entre os municípios ganhadores.

O Programa de Inseminação Artificial – PIA, realizado pela Prefeitura de Santana do Itararé, está entre os premiados na IV Edição do Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR).

O PGP-PR é organizado pelo Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep), com participação da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) e apoio do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR), com objetivo de valorizar projetos da administração pública que unam criatividade e inovação ao desenvolvimento e melhoria na qualidade de vida dos paranaenses.

A premiação deste ano tem como temática ‘Trabalho: o município promove. O estado avança’. Em 2016, 56 prefeituras do Paraná participaram da iniciativa, além de um consórcio composto por mais 12 municípios. Ao todo, foram 123 trabalhos inscritos. Como ocorre em todas as edições, puderam concorrer os projetos relacionados às áreas de gestão ambiental, saúde, educação, segurança pública, assistência social, agricultura, cultura, administração, entre outras funções governamentais.

O PGP-PR é uma forma diferente de destacar o que tem dado resultado nos municípios e contribuir para a valorização das práticas positivas dos gestores públicos.

Para o vice-presidente sindical do SINDAFEP, Wanderci Polaquini, o prêmio é a oportunidade de selecionar os projetos que são exitosos em determinados municípios, e estimular as demais administrações municipais a reproduzi-los em outras cidades, gerando um serviço melhor para o município e para a sua população.

O Programa de Inseminação Artificial

O Programa de Inseminação Artificial – PIA, re-lançado em 2004 pelo então secretário da agricultura Nivaldo Michetti (Produtor referencia e palestrante), teve como objetivo disponibilizar aos Produtores de leite acesso a Inseminação Artificial, possibilitando a eles o melhoramento genético do rebanho, assegurando maior produtividade e maior renda ao produtor e a sua família.

Junto com a inseminação artificial iniciou-se um amplo e continuo programa de capacitação do produtor.

A partir de 2009, já na gestão do atual prefeito José de Jesus Izac foi aperfeiçoado e ampliado com a distribuição de mais 1600 toneladas de calcário para correção do solo das pastagens; 30 novos resfriadores foram entregues para produtores para armazenamento do leite; entrega de 10 ensiladeiras para associações de produtores para produção de silagem para alimentação do gado; reforma de pastagens em 11 propriedades; aquisição de 2 novos tratores e de vários implementos agrícolas para atender os produtores; melhoria com cascalhamento em mais de 200 quilômetros de estradas rurais;construção de pontes; manilhamento de córregos; melhorias em acessos ás propriedades; mais apoio na organização de cursos, palestras e dia de campo; entre outras ações contribuíram para que a produção de leite no município superasse a marca dos 60 mil/litros dia.

O atual Programa de Inseminação Artificial é uma parceria entre a prefeitura, produtores e a empresa ABS Pecplan. A prefeitura fornece o botijão de sêmen e o nitrogênio liquido, além de ser a responsável por fornecer o veiculo, combustível, luvas, bainhas e por manter um inseminador capacitado no programa. Os produtores são responsáveis por monitorar o rebanho e avisar ao inseminador o horário do cio para que seja realizada a inseminação. O sêmen também é por conta do produtor que pode adquiri-lo na hora da inseminação direto com o inseminador do PIA ou fazer a compra através do programa e armazená-lo em botijão em sua propriedade e quando for inseminar, caso não tenha alguém habilitado na propriedade, recorre aos serviços do inseminador do PIA do município. Já a empresa ABS Pecplan é a responsável por fornecer o sêmen de alta qualidade comprovada. Devido ao volume utilizado no programa, que em média é superior a 4 mil doses, o preço do sémen é diferenciado, ou seja, menor que o preço de tabela praticado pela empresa ABS Pecplan.

Objetivo

Melhorar a genética do rebanho leiteiro para elevar os níveis de produtividade e de qualidade do leite produzido no município; Diminuir o êxodo rural; Melhorar as condições e a qualidade de vida dos agricultores envolvidos na cadeia produtiva do leite; Capacitar os produtores de leite na atividade

A solenidade de premiação está marcada para o dia 22 de novembro, às 18 horas, no Plenário da Assembleia Legislativa do Paraná.

 

Saiba+

Comissão julgadora do PGP-PR avalia melhores projetos e revela os ganhadores

Confira aqui a Relação dos Ganhadores.

 

Fonte: PGP-PR

 

Gostou? Então compartilhe: