Santana decreta epidemia de dengue.

Com 26 casos de dengue confirmados oficialmente, sendo o primeiro caso constatado na primeira quinzena de março, o município de Santana do Itararé entrou em situação de epidemia da doença.

Epidemia é a manifestação coletiva de uma doença que rapidamente se espalha, por contágio direto ou indireto, até atingir um grande número de pessoas em um determinado território e que depois se extingue após um determinado período.

Por isso, nesta terça-feira (26) foi publicado no Diario Oficial do Municipio o decreto, que declara estado de emergência no município, em razão de situação anormal decorrente de iminente perigo à saúde pública, motivada pelo alto índice de infestação do mosquito Aedes Aegypti e consequente aumento no número de casos confirmados de dengue na população.

A dengue é uma doença causada por um vírus e transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Com o decreto publicado no dia 26/04 no Diário Oficial, o  município pode adotar ações de combate e prevenção, inclusive com contratação temporária de pessoal.

Mais do que conscientizar, a orientação da administração municipal, por meio da Secretaria de Saúde, é de que os santanenses limpem os quintais de suas residências e mantenham secos os objetos e locais que podem  servir de criadouros do mosquito Aedes Aegypti, agente transmissor da dengue.

“A prefeitura junto com a Secretaria Municipal de Saúde já vem tomando as medidas necessárias para conter o avanço da dengue no municipio. Mas, precisamos da colaboração de todos, para juntos também passarmos pela fase da epidemia de dengue”, pontua o prefeito Zé Izac.

Para saber mais acesse: PARANA CONTRA DENGUE

 

Gostou? Então compartilhe: